Armário inteligente: dicas para montar o seu (Parte III) – Compras Conscientes

January 24, 2019

 


Início de ano é época de traçar metas, rever nossos hábitos e planejar (na medida do possível) os meses que virão. E cá entre nós, após toda a correria de final de ano comprando presentes, gastando com viagens para rever a família, amigos ou relaxar à beira da praia, é hora de refletir sobre onde temos investido nossas economias e entender o que precisa ser mudado.
 

Aproveitando este clima de reflexão financeira, vamos apresentar a última parte da nossa série: Armário Inteligente - Compras Conscientes.

 

Depois de fazer a limpa no guarda-roupas, analisar seu estilo e identificar as peças que são essenciais para compor looks versáteis, chegou o momento mais aguardado: vamos às compras!

 

Mas calma aí: antes de sair por aí gastando seu dinheiro com tudo o que aparece na vitrine, fique atenta às nossas dicas para que suas compras sejam feitas de forma mais inteligente e responsável, contribuindo para um mundo mais sustentável.

 

1 –Dê preferência à peças básicas

 

Não é que você não possa comprar uma ou outra peça estampa ou aquela modelagem hit da estação, mas peças básicas são sempre uma escolha mais sustentável, visto que podem compor looks muito diversificados, atemporais e nunca parecem repetidas.

 

 

2 – Estude sobre a origem, qualidade e durabilidade dos materiais

 

Falando em atemporalidade, um dos principais fatores que fará você usar sua peça muitas e muitas vezes é, sem dúvida, a matéria prima utilizada. Nós, por exemplo, escolhemos nossos tecidos de acordo com a disponibilidade na estação, e eles devem se enquadrar nos seguintes preceitos: preferencialmente brasileiro, sustentável, com produção ética e qualidade superior, tudo isso para que nossas peças durem muito, tanto em função do design como em função da qualidade.

 

Além disso, prezamos por não misturar matérias-primas naturais com sintéticas, porque, se o fizéssemos, inviabilizaríamos opções de reciclagem ou decomposição na etapa pós uso. Você pode conhecer mais sobre nossos tecidos aqui.

 

3 – Compre de marcas locais

 

Sempre que você compra de uma marca local ou nacional, além de incentivar a cultura empreendedora em nosso país e a economia de sua cidade ou região, evita que gases poluentes sejam soltos na natureza devido ao transporte utilizado nas importações.

De quebra, você ainda pode ter a chance de conhecer os responsáveis pela marca, sua história e a forma de produção, o que é muito importante se levarmos em conta questões sociais e éticas.

 

4 – Calcule o custo benefício

 

Esta dica é bem simples mas não menos importante. Antes de levar aquela peça linda que está na arara, na blogueira ou na modelo do e-commerce, faça um cálculo sobre quantas vezes você vai usá-la comparada ao seu preço. Por exemplo, se uma blusa custa em torno de R$120,00, e será usada 120 vezes, então ela vale cada real investido. Lembrando que para um peça ser usada e lavada 120 vezes, ela precisa ser de boa qualidade, viu?!

 

5 – Pense!

 

Talvez soe repetitivo, mas nunca é demais lembrar: pense muito bem antes de comprar. Avalie se a peça combina com seu estilo, se ela vai se encaixar no seu guarda-roupa atual, e sempre pergunte a si mesma: eu preciso mesmo disso?Realmente vou usar?

 

 

6 - Dica Bônus

 

A gente decidiu facilitar sua vida na hora de escolher novas peças que se encaixem em todos os requisitos acima, indicando looks da Mudha! 😍

 

Nossos produtos são feitos de maneira ética, sustentável, vegana e slow. Então não deixe de dar uma passadinha no nosso e-commerce ou em algum dos nossos pontos de venda físicos para conhecer mais de pertinho nossa coleção!

 

 

Macacão Mini Lacinho

 

 

 

Short Alfaiataria

 

 

 

Macacão Confy

 

 

 

Vestido Transpassado

 

 

 


Esperamos que nossas dicas possam ajudar a construir um armário mais funcional e inteligente. Conta pra gente se você colocou em prática e como foi seu resultado. Vamos amar ter seu feedback!

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Do conceito da coleção às peças na arara: conheça nosso processo de criação!

June 24, 2020

1/7
Please reload

Posts Recentes