Cozinha sem desperdício


Quando se fala em desperdício de alimentos, vem logo na cabeça aquele aviso no buffet de sushi “o desperdício será cobrado”. Mas você sabia que o desperdício dos alimentos pode ser evitado muito antes disso? Desde a produção em excesso, passando pela perda durante o transporte e armazenagem até o desperdício na própria cozinha. E é justamente da cozinha que vamos falar porque é nesse momento que temos a oportunidade de mudar nossa atitude. O descarte de cascas, raízes, sementes, folhas e talos que poderiam ser aproveitados é prática comum nas casas e restaurantes dos brasileiros, mas o que nem todos sabem é que essas partes não só são comestíveis, como muito vezes são ainda mais nutritivas que as partes ditas convencionais.


O conceito de alimentação sustentável vai de encontro à essa prática, e propõe o aproveitamento integral dos alimentos. Para isso é preciso planejamento na hora de ir ás compras, na conservação e no preparo das refeições, e os benefícios são muitos: menos “lixo” gerado, menos dinheiro gasto e refeições mais nutritivas. Além dos benefícios próprios, o desperdício de alimentos é um problema no mundo: são jogados fora 1,3 toneladas de alimentos no mundo todo ano. Enquanto isso, são gastos em média R$748,00 por mês na compra de alimentos por uma família brasileira, e desse valor, R$90,00 poderiam ser os alimentos fossem melhor aproveitados. Individualmente, cada brasileiro gera em torno de um quilo de lixo por dia e cerca de 58% desse total é representado por lixo orgânico formado por restos de alimentos.


Depois dos dados alarmantes sobre desperdício de alimentos e de todos os benefícios da cozinha sem desperdício, só falta colocar o conceito em prática. Pra te ajudar, selecionamos duas receitas, uma doce em uma salgada, muito simples e gostosas pra você perder o medo de cascas e talos.


Geléia de casca de melão


Ingredientes:

1 xícara (chá) de cascas de melão, bem lavadas e picadas

1 xícara (chá) de água

1 1/2 xícara (chá) de açúcar

1 pau de canela

3 cravos da índia

Preparo:

Bata as cascas com a água no liquidificador. Leve ao fogo com o açúcar, a canela e os cravos, cozinhando em fogo brando e mexendo sempre, até dar o ponto de geléia.


Cascas que também podem ser utilizadas: maçã, pera e goiaba.


Bolinho de talos e folhas


Ingredientes:

3 ovos bem batidos

2 xícaras (chá) de talos ou folhas bem lavados e picados

6 colheres (sopa) de farinha de trigo

1/2 cebola picada

2 colheres (sopa) de água

Sal a gosto

Óleo para fritar.

Preparo:

No caso de talos, cozinhe-os antes até que fiquem al dente. Misture todos os ingredientes e use uma colher para fazer bolinhos, fritando-os em óleo bem quente. Escorra em papel absorvente.


Os bolinhos podem ser feitos com talos de couve, couve-flor, acelga e/ou agrião, folhas de cenoura, beterraba, nabo e/ou rabanete.


Gostou da ideia? Nesse site você encontra uma tabela informativa com o percentual de nutrientes contidos em partes não convencionais dos alimentos.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon